Facebook

Páginas

Maratona de Filmes : + 5 Filmes assistidos!

Ei meus amores!! Tudo bem com vocês?

Essa semana assisti mais cinco filmes, e espero que vocês curtam os títulos! Não deixem de conferir a Maratona hein! São trinta filmes escolhidos, e a postagem é semanal! Chega de blá blá blá e vamos logo ao assunto principal do post! 

18. Sociedade dos Poetas Mortos


Dos filmes assistidos dessa semana de longe esse foi o melhor! É um filme de 1989 - já começou bem, pois sou apaixonada por filmes antigos! - Em 1959 na Academia Welton, uma tradicional escola preparatória só para rapazes, um ex-aluno chamado John Keating (nosso queridíssimo e amado Robin Williams) se torna o novo professor de literatura. Keating se contrapõe ao sistema de ensino da época e introduz seu ideal pedagógico. Seus métodos são inusitados, mas levam os alunos a pensarem por si próprios, a terem uma visão crítica, a exporem seus sentimentos escrevendo poemas. O professor os instiga com reflexões sobre o papel de cada um em sua existência, sobre a fragilidade da vida, sobre a temporalidade. Ele se utiliza de uma expressão em latim para se referir ao estado de alma que todos deveriam ter “Carpe Diem” – aproveite o dia. Mas logo seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a ortodoxa direção do colégio, principalmente quando ele fala aos seus alunos sobre a "Sociedade dos Poetas Mortos". E gente, o filme em si é pura e crua poesia, e eu já disse a vocês que sou adoro poesia? A obra nos faz refletir também sobre o sistema de ensino atual que ainda apresenta muitas semelhanças com a escola tradicionalista do filme: os valores sociais, o método de ensino com fórmulas já prontas, o direcionamento do estudo voltado a formar os alunos para entrarem em faculdades de primeira linha. Só tenho a dizer que fiquei com muita vontade de ter um professor como Keating em minha vida acadêmica. 

19. Os Vingadores


Acho que todos já viram esse filme, - até as crianças já viram e eu não hahahha - Ele é repleto de várias cenas de aventura, além (é claro) de muitos efeitos especiais. A sinopse é basicamente: Loki retorna à Terra enviado pelos chitauri, uma raça alienígena que pretende dominar os humanos. Com a promessa de que será o soberano do planeta, ele rouba o cubo cósmico dentro de instalações da S.H.I.E.L.D. e, com isso, adquire grandes poderes. Loki os usa para controlar o dr. Erik Selvig e Gavião Arqueiro, que passam a trabalhar para ele. No intuito de contê-los, Nick Fury convoca um grupo de pessoas com grandes habilidades, mas que jamais haviam trabalhado juntas: Homem de Ferro, Capitão América,Thor, Hulk e Viúva Negra. Só que, apesar do grande perigo que a Terra corre, não é tão simples assim conter o ego e os interesses de cada um deles para que possam agir em grupo. O filme não mexeu lá muito comigo, mas para quem curte super heróis, essa é uma excelente pedida. 

20. O labirinto do Fauno


Esse filme é daqueles que possuem uma contexto infantil entretanto só fica na temática mesmo, pois ele possui algumas cenas de violência, como também personagens sombrios. Ele se passa na Espanha, para ser mais precisa em 1944, pós a Guerra Civil. Nas primeiras cenas já conhecemos a Ofelia, uma jovem de 10 anos de idade que está a caminho das montanhas ao norte de Navarra com sua mãe, para reencontrar seu padrasto - um oficial fascista - que agride verbalmente ela e sua mãe inúmeras vezes ao decorrer do filme. Solitária, a menina logo faz amizade com Mercedes, governanta e cozinheira da casa. Além disso, em seus passeios pelo jardim da imensa residência em que moram, Ofelia descobre um labirinto que faz com que todo um mundo de fantasias se abra, trazendo consequências para todos à sua volta. Assim, podendo mudar drasticamente sua realidade. A obra cinematográfica é instigante, e nos faz torcer para que Ofelia consiga o que tanto almeja. Contudo, senti que faltava algo, a trama não te prende do começo ao fim, há momentos que você quer desistir de assistir de tão monótono que fica. Mas ao todo, é um bom filme.

21. Azul é a Cor Mais Quente


Bom, como falar desse filme? Ele possui quase três horas de duração. Nele conhecemos Adèle, uma jovem de 15 anos que mora na periferia de Paris e estuda em um colégio na região central, além de dar aulas de francês para crianças. Com o incentivo de amigas, ela envolve-se com um colega, mas não há uma conexão forte (por parte dela). A partir de uma brincadeira de uma amiga, Adèle descobre o interesse por outras mulheres. Até que, ao atravessar uma rua, cruza o olhar com uma garota de cabelos azuis - a artista plástica Emma. Apesar das diferenças de idade e de experiência (Emma é mais velha e sofisticada do que Adèle), uma forte atração sexual une as duas mulheres. A sensação que se tem ao final de Azul é a Cor Mais Quente é que passamos por um turbilhão de acontecimentos, mas a verdade é que a intensidade que sentimos é muito mais em função da imersão proporcionada pelo roteiro de Abdellatif Kechiche e Ghalia Lacroix, baseado na HQ Le Bleu est Une Couleur Chaude. Por estarmos tão próximos de Adèle, sentimos cada uma de suas dúvidas e angústias. O filme é bem forte ( e só um pouco desgastante, por ter quase 3 horas de duração!), e possui várias cenas de sexo. E uma curiosidade é que o filme quase ganhou o Oscar, e foi indicado para vários prêmios.

22. Olga


Depois desse filme, acho que caiu uma lágrima no meu olho! Além de ser tão lindo, é tão cruel ao mesmo tempo. Olga, é uma obra do cinema brasileiro e foi feita a partir de fatos reais . Ele conta a história de Olga Benário Prestes. Nascida em Munique, na Alemanha, em 1908, filha de pais judeus, Olga tornou-se uma ativista do comunismo. Após libertar seu namorado Otto Braun da cadeia, eles são forçados a fugir para a União Soviética, onde recebem treinamento de guerrilha. Olga logo se destaca no Partido Comunista, onde conhece Luís Carlos Prestes, que viria a se tornar um dos principais líderes comunistas do Brasil. Em 1934, quando Prestes volta ao Brasil, designado pela Internacional Comunista para liderar uma revolução armada, Olga é designada para escoltá-lo. Passam a viver na clandestinidade enquanto planejam a derrubada do governo de Getúlio Vargas. Durante este período, a relação amorosa entre Prestes e Olga amadurece e ela fica grávida em 1935. Quando o movimento revolucionário é derrotado pelas forças de Vargas, Olga e Prestes são presos pelo duro chefe de polícia Filinto Müller. Diante de rumores de que seria deportada, Olga divulga sua gravidez e solicita asilo político por ser casada e estar grávida de Prestes. O governo Vargas, que neste momento simpatizava com a ditadura de Adolf Hitler, deporta Olga, mesmo grávida de sete meses. E gente, sério! O filme é muito bom mesmo. Eu fiquei mais feliz ainda de ter a oportunidade de estar em uma palestra onde Anita Leocádia deu em minha cidade (Sim! E foi incrível!).

10 comentários :

  1. Todos os filmes parecem ser muito interessantes ♥
    Amei o blog ♥
    https://palomamirandav.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa quantos filmes legais, só assisti os vingadores mesmo, mas vou ver quem sabe se assisto os outros ahah
    Amei teu blog.
    Sempre que você poder dá uma passadinha lá no meu blog,
    que eu passo aqui!
    Beijos ^_^
    Blog: Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo comentário flor, vou dar uma olhadinha sim!
      Beijos.

      Excluir
  3. Amo o Filme "Olga". Também li o livro e achei incrível!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem forte, e muito lindo! Chorei horrores hahaha Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas vou procurar saber.
      beijos!

      Excluir
  4. Desses, só assisti Os vingadores e eu amo.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gostei muito não (não curto muito filmes de super heróis), mas é um excelente filme!
      Beijos.

      Excluir

- Deixe a opção "Notifique-me" marcada para ser notificado(a) quando eu responder seu comentário!
- Deixe também o link do seu blog para que assim, eu possa retribuir a visita.
- Seu comentário é muito importante para o andamento do blog e é um grande incentivo para mim, deixe sua opinião, dica, elogio, critica (com fundamento) ou sugestão.

Não deixe de seguir!

© Devaneios de Inverno - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger .
imagem-logo